Search
carreira_ti

Dicas para se dar bem no mundo da TI

Estava analisando outro dia o perfil dos alunos da minha classe na faculdade. Percebi que se dividem basicamente em 3 tipos de pessoas: Os nerds, que sabem tudo relacionado à informática e tecnologia, os esforçados, que não sabem muita coisa mas estão fazendo grande progresso ralando e tirando notas boas e os deixados pra trás, que não conseguem acompanhar o curso.

Pensando nisso cheguei na conclusão do motivo do mercado de TI estar tão carente de bons profissionais. Atualmente é muito comum uma pessoa achar que pra trabalhar com tecnologia da informação é necessário apenas bons conhecimentos técnicos no ramo… puro engano. A tecnologia da informação requer conhecimento técnico, mas o principal é a informação, que é gerada e gerenciada por pessoas. A tecnologia é apenas uma ferramenta.

Por esse motivo muitos profissionais que se acham bons, na verdade não são, pois não têm uma boa noção de como o mercado, as pessoas e a informação funciona. Olhando pra minha classe na faculdade, muita gente diria que as pessoas mais capazes e provavelmente as mais procuradas seriam os nerds, pois dominam toda a matéria técnica, porém, percebo que essa realidade não existe.

Verdadeiramente, as pessoas mais requisitadas naquela classe serão as pessoas do grupo dos esforçados. Pessoas que podem não ter tanto conhecimento técnico, mas sempre estão dispostas à aprender, e entendem como a informação, as pessoas e os processos funcionam. É importante também que o profissional tenha seu diferencial, aquilo que o destaque dos demais.

Segue abaixo algumas dicas que separei pra você que procura se especializar mais em sua área de TI ou apenas quer investir nesse ramo:

  • Esteja sempre disposto (a) à aprender – Uma meta interessante para quem trabalha com TI é aprender uma coisa nova por dia. Não importa o que seja, mas se esforce pra não ficar na rotina, trabalhando sempre com os mesmos métodos, pois um dia pode chegar alguém que conhece aquele método inovador explicado num congresso qualquer e tomar o seu lugar. Por isso sempre esteja disposto à aprender, e não só disposto, aprenda mesmo.
  • Fale outro idioma – Não é segredo que o inglês é ESSENCIAL. Atualmente falar inglês não é diferencial, é obrigatório! Por isso, se ainda não fala, procure aprender. Se já fala inglês, ótimo, fica mais fácil aprender outro idioma. Procure então um segundo idioma estrangeiro e esse sim poderá ser o seu diferencial. É interessante também manter contato com pessoas em outros países, falar com nativos de outros idiomas. Um bom site para se conhecer pessoas de outros lugares é o Omegle, um site que te coloca numa sala de bate papo com apenas uma outra pessoa estranha e aleatória de qualquer lugar do mundo.
  • Tenha bons contatos – Não adianta você ser um Steve Jobs da vida se viver dentro de uma bolha, sem conhecer e ser conhecido pelas pessoas. Por isso mantenha sempre uma boa rede de contatos, use seus amigos pra divulgar seu trabalho, aprender coisas novas e principalmente mantenha o seu nome e suas qualidades na cabeça das pessoas.
  • Seja flexível – Isso não quer dizer que você tenha que saber programar e ao mesmo tempo consertar um carro. Se você se considera um programador PHP, ou programador Java, ou programador ASP, posso dizer-lhe com toda certeza que você não é flexível. Por quê? Porque uma pessoa flexível não é um programador PHP, ou ASP, ou Java. É simplesmente um programador. A linguagem de programação é apenas uma ferramenta, o que importa é a lógica, a metodologia. Por isso nunca se prenda à tradições, se programa em PHP, comece programar em ASP e se desprenda da linguagem. Se é um exímio programador de qualquer linguagem, aprenda a desenhar. Existe uma grande polêmica sobre este assunto, algumas pessoas dizem que programador deve apenas programar e designers apenas desenhar. Ambos estão corretos dentro de determinados contextos, por isso, avalie bem o seu contexto, a empresa que trabalha e veja qual das duas opções é mais vantajosa.
  • Seja humilde e não-egoísta – É clássico do profissional que se destaca um pouco em qualquer área (não apenas em TI) acreditar que seu conhecimento é mais importante que o ar que ele respira e não compartilhar o conhecimento com ninguém. Já passou o tempo em que esses profissionais eram essenciais, pessoas assim não são valiosas para empresa nem para o grupo de trabalho, por isso, compartilhe o que sabe e outros irão compartilhar o que sabem, dessa forma todo o grupo cresce, incluindo você.

Espero que essas dicas tenham sido úteis. Se você conhece algum ítem fundamental para um profissional se tornar essencial para a empresa ou grupo de trabalho, deixe seu comentário!

Fonte: Estilo Facil Blog



É formado como Técnico em Informática, possui graduação como Gestor em TI e pós graduação em Metodologia do Ensino na Educação Superior, trabalha atualmente com Suporte Técnico Educacional, mantém o blog como forma de organizar suas idéias.


One thought on “Dicas para se dar bem no mundo da TI

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *